"Ela é demais para mim"

Sabe quando você olha aquele casal na rua e se pergunta o que ela está fazendo com ele? Ou o contrário também? É exatamente sobre isso que a comédia romântica "Ela é demais para mim" fala.

Fugindo do habitual homem maravilhoso, popular e rico que se apaixona pela mocinha bonita, o filme se passa quase que inteiro dentro do aeroporto onde Kirk (Jay Baruchel) trabalha. Um jovem magrelo e desengonçado conhece a belíssima Molly (Alice Eve) durante uma das passagens da garota pelo aeroporto. Por sorte, Molly esquece seu aparelho de celular e ele fica encarregado de devolvê-lo. Ela, que acabou de sair de um relacionamento com o piloto de avião super gato, e está completamente decepcionada com os homens, resolve dar uma chance para aquele garoto estranho, acreditando que um homem daquele não conseguiria magoá-la.

Kirk tem uma família nada normal. A maioria das risadas são garantidas por eles. A loucura é tanta, que a ex-namorada de Kirk mora com a família e com o atual namorado dela. Os três melhores amigos de Kirk também são sensacionais, eles trabalhando no aeroporto. Claro, que é da parte deles que vem aquela parte lá de cima: o que ela está fazendo com você, Kirk? Por causa dos amigos e das ideias deles, Kirk começa a desconfiar da relação com Molly.

Uma comédia típica americana, repleta de momentos engraçados e de muito romance. Uma história, que ao contrário dos contos de fadas, não é nada impossível de acontecer com qualquer um de nós - bonitos ou feios. Uma coisa muito legal é o 'sistema de pontos' criado pelos amigos de Kirk. Eles avaliam quanto vale uma pessoa pela beleza, profissão, gostos, enfim.. Kirk é avaliado em nota 5, já Molly 10 - o que segundo seus amigos, os tornam um casal completamente improvável.


Além da comédia, do romance e das risadas, também temos a beleza de Alice Eve. A loira que já fez "Garota Nota 10", "Território Restrito" e "Sex and the City 2", faz qualquer homem perder a concentração. Mas, claro que as mulheres não ficam sem algo interessante para curtir também. O amigo de Kirk, Jack é interpretado por Mike Vogel. O lindo já participou de "Quatro Amigas e um Jeans Viajante", "Dizem por aí" e "Poseidon", agrada e muito ao público feminino. Ou seja, ninguém sai perdendo.
"Ela é demais para mim" "Ela é demais para mim" Reviewed by Mayara Munhoz on 23:17 Rating: 5

Um comentário:

Dj Halysson Britto disse...

Dei boas risadas com esse filme viu. ;) Tou louco pra ver o cilada.com no cinema... Xeruu !

Tecnologia do Blogger.