Melissa McCarthy faz "Missão Madrinha de Casamento" valer a pena

Indicado a duas categorias do Oscar 2012, “Missão Madrinha de Casamento” chegou aos cinemas sendo considerada a versão feminina de “Se Beber, Não Case”. Uma completa viagem. A comédia que aborda o universo feminino não tem nada, ou quase nada, que possa ser comparado ao filme do quarteto que barbariza Las Vegas - e depois Bangoc, no volume dois.

Annie (Kristen Wiig, de “Saturday Night Live”) está passando por maus momentos. Enfrentando problemas pessoais, profissionais e financeiros, ela é convidada para ser madrinha do casamento da sua melhor amiga Lilian (Maya Rudolph, também da escola de "Saturday Night Live", além de “Como se fosse a primeira vez”). O que era para ser o melhor momento da dupla, acaba se tornando em um inferno. Isso por causa da linda Helen (Rose Byrne, de “Star Wars Episode II: Attack of the Clones”). Ao contrário de Annie que é toda atrapalhada, Helen é rica, sofisticada e organizada. As duas travam uma batalha tentando proporcionar o melhor casamento do mundo para a amiga Lilian.

Kristen Wiig está impecável. Além de atuar, ela também assina o roteiro ao lado de Annie Mumolo. E ela consegue dar seus toques de comédias, visto por sete anos em “Saturday Night Live”, ao filme. Rose Byrne também não deixa a desejar. Linda como sempre, ela transforma Helen em uma pessoa enigmática. Quem vê de fora, acha que está lidando com uma pessoa arrogante. Mas na verdade, ela só quer conquistar o seu espaço na vida de Lilian.


Mas Kristen Wiig que me desculpe, a responsável pelas melhores risadas é Melissa McCarthy. Ela interpreta Megan, a irmã do noivo, e certamente fará assistir ao filme valer a pena. Diferentemente do que estamos acostumados a ver em sua personagem de “Mike & Molly”, Melissa tem modos nada sutis e femininos.

"Missão Madrinha" foi produzido pelo ótimo Judd Apatow, conhecido pelas comédias “Ligeiramente Grávidos” e “O Virgem de 40 anos”. Ao seu lado, o amigo Paul Feig ("Menores Desacompanhados") é quem dirige o longa. Os dois trabalharam juntos na série “Freaks & Geeks”, de 1999, e outras, desde essa época. O curioso é que os últimos longas de Judd traziam pitadas de machismo, tratando, por vezes, a mulher como um objeto. No filme estrelado por Kristen Wiig, as mulheres são o foco principal da história.


O bom trabalho da dupla e do elenco foi premiado. “Missão Madrinha de Casamento” foi indicado a melhor roteiro-original e melhor atriz coadjuvante, para Melissa McCarthy, na recente cerimônia do Oscar. As indicações foram muito comentadas durante a premiação, pelo fato de comédias serem menos prestigiadas pelos membros da Academia. Principalmente para melhor atriz, sejam elas coadjuvantes, ou não. Mas o filme não levou nenhumas das estatuetas.

O grande trunfo de “Missão Madrinha de Casamento” é a semelhança com a realidade. As atrizes não são supermodelos e enfrentam problemas comuns. Isso faz com que o público se sinta mais próximo dos personagens, diferentemente do que vemos em sucessos como “Sex And The City”.

Alguns brasileiros podem ficar revoltados com uma das cenas mais engraçadas do longa, quando Annie leva as amigas para almoçar em um restaurante de comida brasileira. Logo após, todas são acometidas com infecções intestinais. Apesar de soar como uma crítica à comida do nosso país, a sequência é muito engraçada.


“Missão Madrinha de Casamento” é um bom filme. As cenas contam com ótimas piadas, sem forçação e sem esbarrar no famoso “pastelão”. Uma história sobre a amizade e sobre a sensibilidade das mulheres. E com um belo toque especial chamado Melissa McCarthy. As indicações ao Oscar talvez tenham sido exageradas. Mas o filme merece atenção.
Melissa McCarthy faz "Missão Madrinha de Casamento" valer a pena Melissa McCarthy faz "Missão Madrinha de Casamento" valer a pena Reviewed by Mayara Munhoz on 02:33 Rating: 5

Um comentário:

Camila disse...

O filme teve um grande elenco e acho que é por isso que a história tem um efeito positivo sobre nós. É o momento ideal para um filme divertido. Por esta razão, não devemos ser exigentes. O personagem que eu achava que era o mais engraçado foi o de Melissa McCarthy, e ela tem um grande talento para a comédia, também no filme chamado Caça-Fantasmas faz um desempenho muito engraçado. Todos nós apreciamos ver as suas performances, porque sabendo que vai estar no elenco, ele assegura-nos um bom bocado de diversão.

Tecnologia do Blogger.